Banco Central do Brasil concedeu autorização para a Peak Invest atuar como Instituição Financeira – SEP

A Peak Invest recebeu do Banco Central do Brasil a autorização para atuar como SEP (Sociedade de Empréstimo entre pessoas). Entenda o que isso representa para nós e para todos os nossos clientes! 

Banco Central do Brasil concedeu autorização para a Peak Invest atuar como Instituição Financeira – SEP 1

A Peak Invest foi autorizada a operar como SEP (Sociedade de Empréstimo entre Pessoas) Instituição Financeira regulada pelo Banco Central do Brasil. Essa autorização é um grande avanço para nós e representa um passo importante na jornada da Peak, que deixa de operar como Correspondente Bancário. 

Como SEP a Peak segue a sua missão de conectar empresas e pessoas a investidores, porém agora diretamente, sem intermediários para emitir a operação, a Peak SEP será responsável por todo esse processo. Na prática, significa mais rapidez no processo e principalmente autonomia para lançar novos produtos de crédito e investimentos, incluindo operações estruturadas com garantia real.  

A operação da Peak SEP vai contribuir para a diminuição das taxas de juros para os tomadores e aumento do retorno aos investidores, além de ampliação na oferta de serviços financeiros para atender ainda melhor nossos clientes sem intermediários, com mais independência. 

O que é SEP – Sociedade de Empréstimo entre pessoas

A instituição financeira “SEP” foi criada em abril de 2018, juntamente com a “SCD” (Sociedade de Crédito Direto) por meio da Resolução 4.656/2018, do Conselho Monetário Nacional (CMN) com o intuito de fomentar a oferta de financiamentos e empréstimos no país.  

Esse tipo de instituição opera primordialmente com recursos de terceiros, pode alocar até 5% do valor emprestado nas operações de crédito através da aquisição de cotas subordinadas em FIDCs (Fundo de Investimento em Direitos Creditórios) e Securitizadoras de Créditos, em resumo, a SEP opera na intermediação financeira em que os recursos financeiros são coletados de credores e direcionados aos devedores. 

A SEP é uma instituição financeira que precisa ser registrada no Sistema Financeiro Nacional (SFN) e que tem como objetivo principal, a realização de operações de crédito e investimento, exclusivamente através de plataforma eletrônica. A SEP conecta investidores (credores) com tomadores de crédito, facilitando o acesso ao recurso financeiro, ao promover esse tipo de conexão sem intermediários, a SEP contribui ativamente para a redução das taxas de juros e aumento do retorno aos investidores. 

Para que uma fintech ou startup possa intermediar esse tipo de operação sem intermediários, é necessário obter a autorização do Banco Central do Brasil. Essa autorização está condicionada a um depósito compulsório de R$ 1 milhão, que é integralizado ao capital da empresa caso ela receba a aprovação. Esse capital mínimo deve ser mantido durante todo tempo de operação da SEP, que será auditada diretamente pelo Banco Central do Brasil.  

Diferentemente de uma Sociedade de Crédito Direto (SCD), as SEPs podem captar recursos do público para financiar suas operações, desde que esse montante esteja vinculado diretamente a operações de empréstimo. Além disso, as SEPs podem prestar outros tipos de serviços, como cobrança de crédito a clientes de terceiros, análise de crédito e até emissão de moeda eletrônica. 

Autorização do Banco Central do Brasil

Em 2019, a Peak Invest solicitou junto ao Bacen a licença para atuar como Sociedade de Empréstimo entre Pessoas, trata-se de um processo complexo e trabalhoso que exigiu o investimento de aproximadamente R$ 2 milhões entre depósito, tecnologia e assessoria jurídica. Durante o processo, que durou aproximadamente 18 meses, a Peak Invest apresentou capacidade técnica e tecnológica para operar como Peak SEP. E o que isso representa para nossos clientes e parceiros? 

Atuação da Peak Invest

Correspondente Bancário – res. 3954

A Peak Invest já atuava no mercado como Correspondente Bancário através da Resolução 3.954, da CMN. Desta forma, as operações só poderiam ser emitidas em parceria com uma instituição financeira, ou seja, um intermediário que bancariza a operação e registra no sistema financeiro nacional.  

A utilização de um banco parceiro foi imprescindível para o início da operação da Peak Invest no modelo Peer to Peer, porém, como Correspondente Bancário, tínhamos diversas limitações com relação ao lançamento de novos produtos e registro de garantias colaterais. Como SEP, a Peak Invest ganha liberdade e autonomia para criar novos produtos de acordo com a necessidade de seus clientes. 

SEP – res. 4656

Com a regulamentação das SEPs em 2018, as fintechs autorizadas pelo Banco Central passaram a ter independência para executar e emitir suas operações sem a necessidade de estar vinculada a uma outra instituição. Através dessa autorização, a Peak Invest passa a operar como SEP, trazendo impactos muito positivos para os nossos clientes. Entre as vantagens:

  • maior segurança para nossos clientes; 
  • mais oportunidades e melhores condições de crédito;
  • mais segurança jurídica nas operações; 
  • taxas mais atrativas; 
  • menor custo de operação; 
  • maior agilidade nos processos; 
  • com a saída de intermediários, maior simplificação das operações; 
  • independência com mais autonomia.  

A Peak Invest já conectava os investidores às empresas em busca de capital. Desejamos sempre fornecer aos nossos clientes as melhores e mais justas taxas de juros, promovendo maior acesso ao crédito criando um ciclo de economia colaborativa, onde ambos os lados usufruem de um benefício em comum. Com isso, continuamos apoiando o crescimento das empresas e geramos uma rede de investidores diferenciados que buscam diversificação de portfólio em uma modalidade com mais de 50 mil investidores no Brasil. 

Com a aprovação da Peak Invest como SEP, desejamos expandir nossos serviços e garantir condições ainda mais vantajosas para nossos clientes. 

Você também pode fazer parte dessa história! Acesse nossa plataforma e saiba mais como a Peak Invest pode ajudar a alavancar seu negócio e contribuir para a diversificação dos seus investimentos! 

Compartilhe esse post

Arquivos

Posts relacionados

O que é Open Banking?

O Open Banking tem sido visto como uma das maiores revoluções do sistema financeiro. Com um grande potencial de gerar importantes inovações no mercado, o sistema financeiro aberto dará maior autonomia aos usuários, posicionando o consumidor no centro dos processos.

Leia mais »

Comentários