Crédito com garantia de Bitcoin e outras criptomoedas

Peak SEP é especializada em operações de crédito, conectando investidores à empresas que precisam de empréstimo. E para realizar a concessão desse crédito, garantias são necessárias para a segurança dos investidores.  

As garantias podem ser complementares, ou seja, são adicionais uma à outra. Nas operações apresentadas pela Peak, as empresas minimamente apresentam garantia de aval dos sócios e avalistas, que podem se somar a outras, como; recebíveis decorrentes de “duplicatas”, recebíveis de vendas de “cartão de crédito”, contratos performados ou performando, aplicações financeiras e uma nova possibilidade, a garantia de Criptomoedas, entre outros.  

Quando é utilizada garantias conhecidas com “reais”, temos como principal vantagem para o tomador de crédito o acesso a taxas de juros mais acessíveis e adequadas ao risco de crédito, além de que agilizar o processo da tomada de capital. Mesmo no caso de clientes com restrições nos órgãos de proteção ao crédito. Já para o credor/investidor, a principal vantagem é a segurança, visto que a garantia pode ser executada em caso de inadimplência a operação, ou seja, caso o tomador não pague. 

Nesse último mês lançamos a possibilidade de operação com garantia de Criptomoedas, nesse momento somente o Bitcoin (BTC) é aceito, muito por conta de sua grande liquidez e maior segurança.  

Crédito com garantia de Bitcoin e outras criptomoedas 1

Como funciona a custódia de Ativos e Criptomoedas

A custódia das garantias é responsabilidade da Peak Invest, que atua como Fiel Depositário, cuidando das garantias até que a operação de crédito seja concluída.  

No caso das criptomoedas, a Peak busca seguir as melhores práticas do mercado, uma vez que entende que é uma custódia muito sensível e uma das partes mais cruciais da operação. As Bitcoins ficarão sob responsabilidade de uma plataforma de custódia de criptoativos, onde a Peak mantém uma carteira controlada com todos os ativos usados como garantia nas operações de crédito. Adicionalmente, tem-se contratado um seguro, configurando uma camada adicional de segurança para guarda dos ativos.  

Como funciona o empréstimo com garantia de Bitcoin  

Tendo em vista que a Peak SEP é uma instituição financeira regulada pelo Banco Central do Brasil, ou seja, tudo 100% em compliance e respeitando as boas práticas do Sistema Financeiro Nacional, o empréstimo será formalizado através de uma “Cédula de Crédito Bancário” (CCB), registrado no sistema financeiro e um “Instrumento Particular de Alienação Fiduciária em garantia”.  

O tomador do crédito coloca seu BTC em garantia e recebe 50% do valor da garantia em até 2 dias úteis após a formalização. Somente quando seu empréstimo for quitado a Peak, devolverá seu BTC, exatamente de acordo com as condições acordadas, ou seja, é uma ótima oportunidade de captar recursos sem precisar se desfazer de seus ativos.  

E se o valor da criptomoeda diminuir?  

Primeiramente, é necessário entender o significado do indicador Loan-to-value (LTV).  Esse indicador determina o valor limite do empréstimo com garantia, ou seja, quanto do valor de avaliação será concedido como crédito na operação. Algumas instituições chamam o LTV de rácio financeiro ou de quota de financiamento.  

Aqui dentro da Peak, a garantia da Bitcoin deverá sempre respeitar o LTV de 50% previsto no fechamento e formalização da operação. Em último caso, e ocorrer do LTV da garantia dada ter uma diminuição de 50%, há a possibilidade de liquidação da garantia. Esse é um mecanismo de proteção em função da volatilidade da Bitcoin. Caso isso não ocorra, para reequilibrar o LTV, a Peak Invest fará uma chamada de margem, dando três opções ao cliente:  

1. Realizar pagamento parcial ou quitar o empréstimo;  

2. Alocar mais garantias;  

3. Vender as Bitcoins para quitar o saldo devedor.  

Nos casos 1 e 2, o cliente tem dois dias úteis para realizar a ação, então, nós daremos o aviso antes, ninguém é pego de surpresa.  

Quais as vantagens da garantia com criptoativos 

  • Implicações práticas do LTV em empréstimos com garantia:  
  • Melhora as condições contratuais do empréstimo;  
  • Reduz o risco de inadimplência;  
  • Atribui taxas de juros inferiores a outras modalidades;  
  • Acompanha a volatilidade do mercado. 

Mais do que o crédito utilizando bitcoin como garantia, é importante lembrar que os investimentos em criptomoedas, já ganharam espaço em muitas carteiras e já são parte do mercado financeiro mais tradicional. Todos falam, comentam, compram, vendem, especulam, mas seguirá sendo uma realidade dentro do universo de ativos financeiros. 

A Peak, seguirá desenvolvendo novos produtos e serviços financeiro. Desejamos expandir e garantir condições ainda mais vantajosas para os nossos clientes.  

Você também pode fazer parte dessa história! Acesse nossa plataforma e saiba mais como a Peak Invest pode te ajudar a alavancar seus objetivos e metas!    

 

Compartilhe esse post

Arquivos

Posts relacionados

O que é Open Banking?

O Open Banking tem sido visto como uma das maiores revoluções do sistema financeiro. Com um grande potencial de gerar importantes inovações no mercado, o sistema financeiro aberto dará maior autonomia aos usuários, posicionando o consumidor no centro dos processos.

Leia mais »

Comentários